A Câmara Municipal de Manaus (CMM) faz os últimos preparativos para receber, na próxima semana, de 14 a 18, a auditoria externa integrada de recertificação das Normas de Gestão da Qualidade (SGA) — ISO 9001:2008, e Ambiental — ISO 14001:2004, a ser executada pelo grupo Registro Italiano Navale (RINA), empresa que já vem certificando a Casa Legislativa desde 2014.

“É a primeira auditoria de unificação, de integração entre as duas normas”, explicou o gerente de Gestão da Norma Ambiental, Leôncio Oliveira, que tem boas expectativas para uma recomendação positiva da auditoria. “Nos planejamos e nos preparamos. Acredito que vai dar tudo certo e se por ventura falte algum ajuste, não por culpa da Câmara, não comprometerá o resultado da auditoria”, disse. E acrescentou: “O que esperamos, na realidade, é o melhor resultado possível, aprovação imediata e sem restrições. Estamos nos preparando para isso”.

Nesta quinta-feira (10), a Diretoria de Gestão e Tecnologia da Informação (DGTI) reúne-se com os diretores para tirar dúvidas e dar dicas em cima da cartilha explicativa sobre política de qualidade e ambiental, conforme explicou Leôncio. “Vamos alinhar e tirar as dúvidas que por acaso, ainda, possam em ter”, disse.

Durante a auditoria externa, vários itens serão avaliados pelo  auditor, como a verificação do PDCA (Planejamento, Execução, Verificação e Ação) e a implantação de gestão de resíduos na Casa. No quesito Planejamento está inserido a Política Ambiental, o Levantamento de Aspectos e Impactos, Objetivos, Metas e o programa ‘Câmara Sustentável’. Além disso, na parte de Gestão de Recursos Humanos, encontra-se a competência, treinamento e documentação do processo de Gestão Ambiental revisada.

Constam ainda da avaliação, a execução das ações como os Controles Operacionais e a Preparação de Emergências, a qual está interligada aos equipamentos de emergências, a Brigada e as simulações realizadas na Casa Legislativa. Dentro do Controle Operacional, a CMM dispõe de vários indicadores de monitoramento realizados para verificar se os objetivos ambientais e a legislação estão sendo atendidos. A preparação da Câmara nesses quesitos contou com auditorias internas e reuniões de análise crítica com a alta direção, requisitos também a serem avaliados pela equipe de auditores da RINA.

Programação de visitas

A reunião de abertura da Auditoria Externa Integrada começa às 8h de segunda-feira (14), e logo em seguida o auditor começa as inspeções na Diretoria de Gestão e Tecnologia Integrada (DGTI), Diretoria de Engenharia e Diretoria Geral,

No dia 15 (terça-feira) visita a Diretoria de Engenharia e demais setores, verificando a área externa como a gestão de resíduos, Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), pátios e utilidades. Ainda pela manhã, audita todo o processo administrativo (aquisição, protocolo, patrimônio), comunicação com o cliente (protocoro e ouvidoria), além do processo financeiro, percorrendo Departamento Financeiro, Ouvidoria, Diretoria de Recursos Humanos, Comissão Permanente de Licitação e Diretoria Geral.

No dia 16 (quarta-feira), a Auditoria Externa chega na análise de todo o processo legislativo (protocolo), gabinete de vereadores, à Comunicação Social e a tecnologia de informação, tendo como pontos de inspeção, a Diretoria Legislativa, Diretoria de Comunicação e Diretoria de Gestão de Tecnologia e Informação.

No dia 17 (quinta-feira) inspeciona a engenharia (manutenções), transporte e outros serviços de apoio, Recursos Humanos (capacitação e desenvolvimento), sob a responsabilidade da Diretoria de Engenharia, Diretoria de Recursos Humanos e Escola do Legislativo.

A reunião de encerramento da Auditoria Externa Integrada está programada para encerrar no dia 18 (sexta-feira), de 8h às 9h. A conclusão dos trabalhos do auditor agendada para o envio das documentações (relatórios e anexo ao RINA) feito em off site está marcada para 9h às 17h desse dia.

 

Texto: Nely Pedroso – DIRCOM/CMM

Foto: Robervaldo Rocha - Dircom/CMM


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)