O Plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) deliberou nesta terça-feira (15), o Projeto de Lei nº 105/2018, de autoria do vereador Dr. Daniel Vasconcelos (PMN), que obriga a distribuição gratuita de protetor e bloqueador solar às pessoas com albinismo em Manaus. A distribuição deverá ser realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio de cadastro dos pacientes que tenham a necessidade do produto.

A propósta visa incentivar a disposição de protetor e bloqueador solar aos albinos manauaras, tendo em vista que os mesmos são altamente suscetíveis aos danos causados pelo sol, apresentando frequentemente, envelhecimento precoce, danos actínios e câncer de pele, ainda muito jovens.

Dr Daniel Vasconcelos ressalta que a prevenção é a melhor forma de tratamento e a distribuição dos produtos fará com que melhore a qualidade de vida das pessoas com albinismo, uma vez que, não existe um tratamento específico para esta desordem genética.

“A prevenção é o melhor remédio. O paciente que tem albinismo precisa muito de nossa ajuda, é uma doença hereditária na qual ocorre um defeito na produção da melanina, pigmento que dá cor à pele, cabelos e olhos, com isso, não tem a proteção aos raios solares, e isso pode ocasionar o câncer de pele, o que é muito preocupante. Portanto, estou apresento neste plenário esse projeto para que a Secretaria Municipal de Saúde possa disponibilizar através de um cadastro os produtos a esses pacientes que são portadores de necessidades especiais,” justificou.

Diagnóstico

Muitos casos de albinismo são diagnosticados nos primeiros dias de vida, levando em conta as alterações na pigmentação da pele, dos cabelos, cílios e sobrancelhas. No entanto, o exame oftalmológico minucioso é o instrumento mais importante para o diagnóstico de albinismo, uma vez que, em menor ou maior grau, a anatomia dos olhos e a visão são afetadas em todos os tipos do distúrbio.

Outros exames podem ser requisitados a fim de determinar as mutações genéticas da doença e estabelecer o diagnóstico diferencial com algumas síndromes que têm o albinismo como manifestação colateral.

 

 

Texto: Assessoria do vereador Dr. Daniel Vasconcelos

Foto: Assessoria do vereador


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)