skip to Main Content
Fred Mota Anuncia Que FCecon Será Beneficiada Com Emendas Ao Orçamento Da União Em 2020

Fred Mota anuncia que FCecon será beneficiada com emendas ao orçamento da União em 2020

A Fundação Centro de Oncologia do Amazonas (Cecon) deve receber verba federal oriunda de emendas parlamentares a partir do ano de 2019. O anúncio foi feito pelo deputado federal Marcelo Ramos (PR) em visita à unidade de saúde na última segunda-feira (11), a convite do vereador Fred Mota (PR) e do diretor da unidade, Gerson Mourão.

Durante o grande expediente da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta terça-feira (12), Fred Mota afirmou que pediu a visita do colega de partido à Fundação porque conhece a situação dos pacientes e acompanhantes na unidade de saúde.

“Tenho conhecimento de causa porque já tive parentes que já ficaram internados no Cecon e alguns até faleceram, infelizmente. Tudo isso por conta de uma má gestão que se abateu durante anos sobre a saúde, mas a nossa esperança é que a partir desse ano, a situação mude”, salientou.

Mota destacou ainda que o deputado Marcelo Ramos destinará emendas principalmente ao setor de Patologia, que é responsável pelos exames de biópsia. “Ele me disse que esse, hoje, é um dos problemas principais, porque é na biópsia que se define qual o estágio do câncer, como ele está e qual deve ser o tratamento. Em resumo: divide a vida e a morte”, frisou.

O vereador informou ainda que o vice-governador e secretário de Saúde do Estado, Carlos Almeida, se reuniu com sindicatos de médicos na última segunda-feira, e que agora, a situação da saúde estadual deve melhorar. “Parece que agora as coisas vão começar a engrenar, e que os atendimentos devem retornar com toda a plenitude possível”.

Atenção básica à saúde

Durante o pronunciamento ao Parlamento, Fred Mota ainda salientou que apresentou indicação à Prefeitura de Manaus para reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) José Figliuolo, localizada no conjunto residencial Viver Melhor, bairro Lago Azul, Zona Norte da capital. Segundo o vereador, o número de habitantes superou e muito as expectativas habitacionais, razão pela qual é preciso ampliar também o atendimento em saúde.

“Ali foram construídos apartamentos para 15 mil pessoas, mas temos 75 mil pessoas vivendo em torno do conjunto. Aquela UBS, da forma como está, não suporta mais o atendimento daquelas pessoas, então eu conversei com o secretário Marcelo Magaldi e o prefeito Arthur Neto para que, por meio dessa ampliação, possamos dar um passo na solução dos problemas de saúde daquela comunidade”, completou.

 


Autor do texto: Lucas Vítor Sena - Assessor do vereador

Crédito da foto: Henrique Miranda - Assessoria do vereador

Back To Top