O presidente da Comissão de Água e Saneamento da Câmara Municipal de Manaus (Comasa/CMM), vereador David Reis (PV), visitou na quarta-feira (07/11), a Rua Flor de Munguba, bairro Colônia Santo Antônio, zona Norte. Na oportunidade, ele pôde constatar de perto os problemas relacionados aos serviços de infraestrutura, iluminação pública e abastecimento de água do local. O parlamentar acionou os órgãos competentes para que os mesmos ajudem a solucionar as demandas apresentadas pelos moradores da área.

“Recebi o convite de um grupo de moradores e vim aqui conhecer, ouvir o que cada um deles tinham a  dizer. No que depender de nosso mandato iremos fazer o possível para solucionar as demandas apresentadas e continuaremos acompanhando até que sejam sanadas”, salientou.

Moradora do local há mais de nove anos, Marilene Palhares (46), contou que em dias de chuva a falta de uma infraestrutura adequada impossibilita a passagem de veículos. “Alaga tudo aqui, carro nenhum consegue passar, pois fica muito arriscado, até quem é pedestre encontra dificuldade de andar por essa rua”, desabafou.

A moradora disse que entrou em contato com o parlamentar por acreditar no trabalho sério e comprometido que ele vem demonstrando ao longo desses dois mandatos. “O vereador veio ao nosso encontro, ouviu as nossas necessidades, tanto na parte de infraestrutura, como de iluminação e fornecimento de água. Tenho certeza que agora a solução vai chegar e será graças à intervenção dele”, afirmou.

De acordo com o vereador David Reis, os requerimentos foram encaminhados para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a empresa Manaus Luz e a concessionária Manaus Ambiental, para que providências sejam tomadas em favor da população.

“Meu compromisso com nossa cidade está cada vez mais forte, no que depender de mim trabalharei duro e incansavelmente para o bem de todos os manauaras”, afirmou o parlamentar.

 

Fotos: Assessoria do vereador David Reis

 

Texto: Assessoria do vereador David Reis

Foto: Assessoria do vereador


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)