skip to Main Content
Marcel Alexandre Propõe Que Nutrição Seja Matéria Obrigatória Nas Escolas De Manaus

Marcel Alexandre propõe que nutrição seja matéria obrigatória nas escolas de Manaus

Incluir a matéria nutrição na grade curricular das escolas públicas municipais e garantir que as aulas sejam ministradas por nutricionistas é a proposta do vereador Marcel Alexandre (PHS), que promoveu uma tribuna popular sobre o assunto, no plenário Adriano Jorge, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta quarta-feira (13/03). O evento contou com a  participação de representantes do Conselho Regional de Nutricionistas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. Um terço da população infantil, com idades até 12 anos, está acima do peso. A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO), estima que só na região norte, 25,65% das crianças com idade entre 5 e 9 anos sofrem com sobrepeso. Segundo a pesquisa, Manaus é a capital da obesidade no Brasil, com 23,8%, acima da média nacional de pessoas acima do peso saudável. A média nacional é de 17%.

De acordo com Marcel Alexandre (PHS), o objetivo da sua proposta é reduzir a obesidade infantil e disseminar informações sobre alimentação saudável entre as crianças e adolescentes. Ele disse que é preciso alertar a população em relação aos altos índices de obesidade. “Sou extremamente preocupado com a promoção da saúde por meio da alimentação saudável, se não houver uma mudança, a população vai enfrentar um forte crescimento de doenças associadas a obesidade”, alerta.  

Segundo a nutricionista, Rahilda Tuma, é preciso implantar a matéria Nutrição, nas escolas e assim, promover a educação alimentar para diminuir os índices de obesidade em Manaus. Ela também lembrou que é dever e compromisso ético dos vereadores promover a saúde e zelar pela população.

Ela também apresentou dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), mostrando que 13% dos cânceres estão associados ao excesso de peso e acredita que o projeto vai contribuir para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes e diminuir o crescente número de pessoas obesas da cidade de Manaus.

Darlene Roberta Ramos da Silva, que também é nutricionista, disse que o profissional vai trabalhar o conteúdo em aulas teóricas e práticas. “O nutricionista passa de 4 a 5 anos se especializando, então ele tem propriedade para ensinar a população sobre as formas corretas de se alimentar e aproveitar os nutrientes, e isso não se trabalha só com o aluno, vamos envolver também os pais e toda a comunidade acadêmica, gestores, merendeiras, professores para que todos possam adquirir e transmitir esse conhecimento”, explicou.

Também participaram do debate os vereadores Glória Carratte (PRP), Professor Samuel (PHS), Wallace Oliveira (PODE), Elias Emanuel (PSDB), Mirtes Salles (PR), Professor Gedeão Amorim (MDB), Professora Jacqueline (PHS0 e Isaac Tayah (PSDC).

Texto: Eriana Monteiro – Dircom/CMM

Foto: Aguilar Abecassis – Dircom/CMM 


Back To Top