skip to Main Content

Parlamentar destaca violência contra mulheres

Na tribuna Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta quarta-feira (8), o vereador Wallace Oliveira (PODE) relatou os àndices crescente de violência contra as mulheres e diz que, por mais que já existam polàticas de prevenção, as eficácias não se estabelecem.

Na ocasião o vereador questionou que algo esteja errado dentro do processo de proteção. “É preciso haver um trabalho mais consolidado além de buscar alternativas para que haja de fato essa proteção. Estatàsticas mostram que 36 mulheres são agredidas por dia na capital amazonense, de dois anos pra có, o aumento de registros cresceu significativamente”, informou Wallace Oliveira.

O parlamentar disse, ainda, que as medidas protetivas não são cumpridas de forma eficaz, os agressores impedidos da aproximação da vitima, continuam a fazer tudo dentro da desconformidade. “Não se justifica as agressões verbais, psicológicas ou fàsicas, as mulheres não podem se calar, e muito menos que a justiça flexibilize a punição restritiva do agressor. Quem bate uma vez, bate duas. Não podemos deixar as estatàsticas de agressões contra as mulheres aumentarem ainda mais,” comenta Wallace Oliveira.                           

Números  

Os dados mostram que já são mais de 40.927 ocorrências de violência registradas contra mulheres no Amazonas, os números são relativos às ameaças, lesões corporais e estupro. A violência doméstica lidera o ranking com 16.880 registros em 2017 e 1.242 somente em janeiro deste ano.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), em 2017, 73 mulheres foram mortas e 55 foram vàtimas de atentando. A violência não escolhe faixa etória, religião e nem posição social. Acontece nas famílias de baixa renda e também nas classes média e  alta”, observou.

O parlamentar destaca que toda violência contra a mulher tem que ser denunciada, basta ligar para o número 181 não precisa se identificar.

    

 


Back To Top