A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou por unanimidade, na amanhã desta terça-feira (12), o Projeto de Lei 266/2017, que institui a Semana de Conscientização Cívica, Cultural e Política. A propositura, de autoria do vereador Professor Samuel (PHS), foi encaminhada à sanção do prefeito Arthur Neto (PSDB), promove, anualmente, a terceira semana do mês de setembro para a conscientização através de atividades, campanhas e projetos de incentivo, colocando a importância da preservação da Cultura Manauara.

O projeto pretende fomentar a conscientização política de crianças e adolescentes nas escolas da cidade. As escolas, colégios, Instituições Municipais e entidades não governamentais poderão desenvolver programações com a realização de palestras e atividades práticas de incentivos a Conscientização Cívica, Cultural e Política do Município.

“O principal objetivo desse projeto, é fomentar a conscientização Cívica, Cultural e política do cidadão amazonense, sobre tudo das crianças e adolescentes, e assim prepará-los para o exercício do voto. A Conscientização devolve poder e dignidade a quem desejar o estatuto de cidadania, e principalmente a liberdade de decidir e controlar seu próprio destino, com responsabilidade e respeito ao outro”, justificou o parlamentar.

Neste contexto, professor Samuel explicou que o conceito do empoderamento social, se resume em dar poder a uma comunidade, fazer com que tudo seja mais democrático, que a população em geral tenha poder de opinião e decisão.

“A justificativa do PL é bem clara quando cita que será possibilitada às novas gerações uma formação cultural e cívica voltada ao fortalecimento das relações sociais e do Estado Democrático de Direito”, finalizou.

 

 

 

Texto: Assessoria do vereador professor Samuel

Foto: Robervaldo Rocha - Dircom/CMM


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)