O vereador Carlos Portta (PSB) tem cumprindo a agenda de fiscalização semanal nos bairros de Manaus, estabelecida desde o início do mandato, mesmo em período do recesso legislativo de 2018 da Câmara Municipal de Manaus (CMM). O vereador tem ouvido as pessoas para averiguar a real necessidade nas comunidades, durante os 40 dias de 2018, após retorno das atividades parlamentares. 

“Como integrante do Poder Legislativo Municipal, o vereador tem como função primordial representar os interesses da população perante o poder público. Esse é o objetivo final de uma pessoa escolhida como representante do povo. Agradeço as pessoas que nos solicitam os serviços, isso demonstra a confiança no trabalho que estamos fazendo”, destacou Portta.

Nos primeiros 40 dias do mandado deste ano, o vereador protocolou 70 Ofícios diretamente em oito secretarias municipais da Prefeitura, a fim de solucionar as demandas às comunidades da capital.

Os serviços contemplaram nove bairros, entre eles, Armando Mendes, Zumbi dos Palmares, Mutirão, Cidade Nova, Francisca Mendes, São José, Parque São Pedro, Campos Sales e Parque Riachuelo.

Para resolver os problemas que afetam os moradores, Portta solicitou serviços de infraestrutura, limpeza pública, poda de árvores, iluminação, pavimentação de vias e outras ações emergenciais às secretarias de Infraestrutura (Seminf),  de Juventude Esporte e Lazer (Semjel), Administração (Semad), Educação (Semed), Limpeza Pública (Semulsp),  Cultura Turismo e Eventos (Manauscult) e de Meio Ambiente  Sustentabilidade (Semmas).

“Agradeço o apoio e a sensibilidade das secretarias em priorizar os serviços nas comunidades que é de interesse da população de Manaus. As nossas visitas vão continuar semanalmente, se o cidadão estiver com necessidades em suas comunidade e bairros, basta enviar a solicitação no email: gabinete@carlosportta.com.brque iremos atender ao pedido”, concluiu Carlos Portta.

 

 

Texto: Assessoria do vereador Carlos Portta

Foto: Assessoria do vereador


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)