.

O Projeto de Lei nº 289/2017, da vereadora Gloria Carratte (PRP), que cria o ‘Banco de Medicamentos’ em Manaus, para a distribuição gratuita dos remédios à população carente começou a tramitar na Câmara Municipal de Manaus (CMM), na terça-feira (10). A proposta segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Para a vereadora, o projeto será um aliado às pessoas que dependem de medicamentos e não tem condições de comprar. “O povo sofre muito com o preço alto dos remédios e quase sempre não estão disponíveis nos postos de saúde”, disse a vereadora, ao acrescentar ainda, que a proposta será uma ferramenta que vai possibilitar um maior acesso às famílias carentes e idosos aos medicamentos serão arrecadados a partir da doação da própria sociedade.

A proposta tem a finalidade de angariar medicamentos doados por pessoas Físicas e Jurídicas para a distribuição gratuita à população carente, especialmente aos idosos. Os medicamentos serão distribuídos pela Secretária Municipal de Saúde, mediante a apresentação do receituário médico,  conforme o artigo 1º da matéria.

O Banco de Medicamentos vai trabalhar com arrecadação de remédios industrializados e aprovados para a comercialização, junto às indústrias  farmacêuticas, consultórios médicos e drogarias. 

O programa atenderá, exclusivamente, pessoas comprovadamente carentes, especialmente idosos, após visitas, cadastro e relatório realizados por assistentes sociais do quadro do próprio município ou voluntários.

 

 

Texto: Assessoria da Vereador Glória Carratte

Foto: Tiago Correa - Dircom/CMM


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)