Começou a tramitar na Câmara Municipal de Manaus o projeto de lei que dá prioridade de atendimento às pessoas que passam por tratamento de hemodiálise, colostomia ou contra o câncer.

Segundo o projeto, os supermercados, hipermercados, bancos, casas lotéricas e outros estabelecimentos incluirão na fila de prioridade as pessoas que passam por tratamento contra estas doenças.

O projeto, de autoria do vereador Dallas Filho (MDB), começou a tramitar nesta semana, na Câmara Municipal de Manaus, e será analisado pelos demais vereadores.

“Todos sabem as dificuldades pelas quais passam as pessoas que estão em tratamento de radioterapia, quimioterapia, hemodiálise ou possuem bolsa de colostomia”, afirmou Dallas Filho.

“O tratamento é difícil, desgastante e exige muito dos pacientes e também de seus familiares”, acrescentou o vereador.

Pensando em tornar o dia-a-dia dessas pessoas menos cansativo e estressante, o parlamentar criou o projeto que dá prioridade de atendimento aos pacientes.

O benefício também se estende às empresas de transporte público e coletivo de Manaus, que deverão disponibilizar assentos de prioridade aos pacientes.

Os estacionamentos particulares ou de uso coletivo, como em shoppings e condomínios, também deverão reservar vagas para os pacientes incluídos na lei.

De acordo com o projeto, as vagas ficarão juntas às outras reservadas para idosos, gestantes e cadeirantes.

“Tenho certeza que é uma lei de grande importância para a sociedade, pois torna a vida dos pacientes menos difícil”, defende o vereador.

Dallas Filho destacou que as pessoas beneficiadas pela lei receberão um tipo de identificação, concedida pela prefeitura ou órgão público de Saúde, para identificar formalmente a condição do paciente.

 

Texto: Assessoria do vereador Dallas Filho

Foto: Robervaldo Rocha - Dircom/CMM


Não serão postados comentários com ofensas a pessoas ou instituições, sejam elas de natureza pública ou privada. Também não serão aceitos textos ofensivos, de caráter comercial, com palavrões e termos chulos ou que façam propaganda de candidatos. Os comentários postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Comentários

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)