skip to Main Content
Veteranos São Maioria Entre Vereadores Que Tomam Posse No Dia 1º De Fevereiro

Veteranos são maioria entre vereadores que tomam posse no dia 1º de fevereiro

Defesa do consumidor, saúde pública, serviços de infraestrutura, além de questões ambientais, são alguns dos temas que farão parte da agenda de trabalho dos sete novos vereadores que vão tomar posse, no dia 1º de fevereiro, na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Eles vão suceder vereadores eleitos no último pleito para Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e Senado Federal.

A maioria dos novos vereadores já ocupou uma cadeira na CMM, como é o caso da jornalista Mirtes Salles (PR), Eloi Abreu (PHS), Ceara do Santa Etelvina (Dem), Amauri Colares (PRB), Dr. Alonso Oliveira (PTC) e Danízio Elias Dante (PSDB). A sétima cadeira vaga, antes ocupada pelo deputado estadual eleito Álvaro Campelo, pertence ao Partido Progressista.

O discurso da maioria dos veteranos é o mesmo: dar continuidade ao trabalho desenvolvido durante o período em que exerceram mandato de vereador da cidade de Manaus, com objetivo de dar respostas positivas à sociedade, por meio de debates, indicações e projetos que atendam às demandas da cidade.

Mirtes Salles

Com dois mandatos, exercidos entre os anos 2004 e 2012, a jornalista Mirtes Salles retorna ao parlamento municipal na vaga deixada pela vereadora Joana D’arc (PR), eleita deputada estadual. Durante o mandato presidiu a Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec).

No período em que esteve à frente da comissão, Mirtes Salles teve papel decisivo para assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com as agencias bancárias, para assegurar o cumprimento da Lei das Filas e, na ação que resultou na redução no valor da tarifa de energia elétrica na cidade de Manaus.

“Quero retomar ações em defesa dos direitos dos consumidores, em especial na prestação de serviços públicos, como energia elétrica, telefonia móvel e internet. Também vou acampar as atividades da Frente Parlamentar de defesa e proteção dos direitos dos animas, em parceria com a deputada Joana D’arc”, afirma a parlamentar progressista.

Dr. Alonso Oliveira

O vereador Dr. Alonso, do Partido Trabalhista Cristão (PTC), exerceu o primeiro mandato parlamentar no período de 2013-2016. Foi vice-presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), comissão que pretende presidir no mandato que assumirá em 1º de fevereiro, para dar continuidade às atividades iniciadas anteriormente. “O objetivo é preencher as lacunas do mandato passado para dar continuidade aos trabalhos junto às comunidades, com o apoio dos serviços que o poder público oferece aos munícipes”, disse.

Dr. Alonso assumirá a vaga aberta com a eleição de deputado estadual de Roberto Cidade (PV).

Ceará do Santa Etelvina

O democrata Ceara do Santa Etelvina assume a cadeira ocupada pela deputada estadual eleita Therezinha Ruiz (PSDB). Assim como os demais parlamentares que retornam ao parlamento municipal, Ceará também quer continuar as ações parlamentares, particularmente, as relacionadas à prestação de serviços públicos, como infraestrutura urbana.

“Minha bandeira de luta está ligada principalmente aos serviços de infraestrutura nas comunidades. Desde que eu era líder comunitário, sempre tive essa preocupação com esses serviços: iluminação, pavimentação de ruas e transporte”, afirma.  Ceará do Santa Etelvina assume mandato de vereador pela segunda vez. A primeira foi em 2015, quando era suplente do então vereador e atual deputado estadual Carlos Alberto (PRB).

Eloi Abreu

Para o empresário Eloi Abreu (PHS), que ocupará a vaga do ex-presidente da Casa e deputado estadual eleito Wilker Barreto (PHS), a saúde pública será uma das pautas prioritárias no mandato dele. Segundo ele, em visitas que fez em alguns bairros, detectou várias situações de insatisfação dos moradores, com a prestação do serviço de saúde pública, como falta de medicamentos nos postos de saúde, escassez de profissionais para o atendimento adequado e demora no resultado de exames.

“Conheço pessoas que esperam mais de um mês para ser atendidas, e ainda aguardam mais tempo para realizar exames e cirurgia. E quando conseguem, já é tarde para o tratamento”, destacou Eloi, que promete encaminhar propostas ao Executivo para a melhoria no atendimento à saúde, e também vai acompanhar esses serviços.

Amauri Colares

Primeiro suplente do PRB nas eleições de 2016, o pastor Amauri Colares é veterano na política. No dia 1º de fevereiro ele inicia seu quinto mandato de vereador de Manaus, na cadeira que pertenceu ao deputado estadual eleito João Luiz, da mesma legenda.

Defensor da família e da educação, como base de sustentação da sociedade e formação de bons cidadãos, Amauri Colares afirma que independentemente do mandato parlamentar, sempre trabalhou em prol das comunidades mais carentes da capital, na zona urbana e área ribeirinha, em parceria com a igreja evangélica Assembleia de Deus.

“Através da Igreja, em parceria com o Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), levamos diversas ações sociais e serviços básicos de cidadania e atendimento médico a famílias que vivem em municípios de difícil acesso, no interior do Amazonas”, completa Colares.

Danízio Elias (Dante)

Atual secretário municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (SEMMASDH), Danízio Elias de Souza (Dante), é o primeiro suplente do PSDB na atual legislatura e vai assumir a vaga deixada pelo senador eleito Plínio Valério (PSDB).

Essa é a segunda vez que Dante assume mandato de vereador. Até abril do ano passado, ocupou a cadeira do vereador Elias Emanuel (PSDB), que foi escolhido pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgilio Neto (PSDB) para comandar a SEMMASDH. Agora, novamente, ele retorna como titular na vaga aberta com ida de Plínio Valério para o Senado da República.

 


Autor do texto: Dora Tupinambá e Valdete Araújo - Dircom/CMM

Crédito da foto: Robervaldo Rocha - Dircom/CMM

Back To Top